Redução da pegada de carbono

A Yara acredita que para atender a crescente população mundial, na demanda de alimentos e energia, a agricultura sustentável continuará a exigir cada vez mais insumos para fertilizantes minerais, mas os produtos precisam de uma baixa pegada de carbono para reduzir o impacto ambiental.
A partir do investimento em novas tecnologias disponíveis que minimizam as pegadas de carbono, as unidades de produção da Yara são consideradas entre as mais eficientes no consumo de energia no mundo.

graph

De fato, em virtude do desenvolvimento e implementação de tecnologias de catalisadores, a Yara reduziu suas emissões de N20 em torno de 90% de suas plantas de ácido nítrico. Isso tornou possível a redução de aproximadamente 40% nas emissões a partir de fertilizantes contendo nitrato.
Além disso, devido à melhoria na eficiência no uso de fertilizantes contendo N – através de adequada seleção e uso de tais fertilizantes à base de nitrato – produtores podem minimizar as perdas por lixiviação e volatilização e contribuir com 10-30% em termos de redução nas emissões de C.

Assim, ao selecionar e usar os fertilizantes nitrogenados com baixa pegada de carbono da Yara, de uma forma direcionada, os produtores podem, efetivamente, reduzir pela metade as emissões de carbono por meio de seus programas de nutrição de planta.