Maior eficiência de uso da água na produção de milho

03.1 Better Water Use Efficiency PICTURE

Uma cultura de milho saudável, com crescimento rápido e bem nutrido possui um uso da água mais eficiente e maximiza a produtividade. 

As recomendações de nutrição de milho da Yara auxiliam a tornar a cultura mais produtiva no uso da água por meio de fortalecimento do crescimento e altas produtividades, levando à uma maior transpiração, menor drenagem e evaporação direta.

Por exemplo:

  • Uso inicial de fertilizantes – incluindo o uso de fósforo e zinco – melhora o crescimento radicular, assegurando melhor captação de água do solo durante o desenvolvimento da planta.
  • Potássio e magnésio são nutrientes-chave essenciais para partição de fotossintatos entre parte aérea e raízes como resultado de seu papel central no fluxo do floema. Ao minimizar a deficiência de ambos, o crescimento radicular não é comprometido.
  • Uma nutrição bem balanceada especialmente de nitrogênio e potássio durante o crescimento vegetativo acelera o fechamento do dossel vegetal e atrasa a senescência de folhas, sendo que ambas condições reduzem a evaporação direta pelo solo por meio de um sombreamento do solo por um período mais longo.
  • O potássio (por meio de sua função osmótica) e nitrogênio (como resultado de regulação interna de hormônios e pH do xilema) são importantes para regulação eficiente, além do controle na extração de CO2 e perda de água pelo estômato.
  • Finalmente, por meio de um uso bem delineado e planejado, os programas de adubação que assegurem que não ocorra falta de nutrientes promovem aumento na produtividade, portanto produzindo mais grãos por mm de chuva.

A Yara reconhece que melhorias na eficiência de uso da água é cada vez mais importante, dada a escassez de suprimento hídrico. De fato, com 2,8 milhões de pessoas vivendo em regiões com água insuficiente, a importância de fazer melhor uso desse recurso limitado é fundamental para uma produção sustentável.