Aumentando o Teor de Energia em Forragem de Milho

Nitrogênio

02.1 Fig 22 Nitrogen Yield Protein. Forage Maize Sudan

As doses precisam ser altas o suficiente para maximizar o crescimento vegetal e também assegurar boa assimilação de proteínas tanto em culturas para grãos ou silagem. Porém, muito nitrogênio pode causar excessivo crescimento vegetal, aumentando a proporção de folhas e colmos em relação aos grãos. Como resultado, o teor de amido da silagem de milho pode ser reduzido e as produtividades também podem ser prejudicadas.

Fósforo

Fig 38 Phosphorus Quality. Forage Maize Pakistan and Sudan. Rebuilt

A extração de fósforo do solo continua depois que os grãos começam a se desenvolver e na maturação, 70% do fósforo das plantas estão nos grãos. Nesse caso há um efeito direto no teor de proteína dos grãos de milho. Em estágios tardios de crescimento, o fósforo impulsiona o desenvolvimento de grãos e acelera a maturação da cultura.

Potássio

Fig 50 Potassium  Quality. Forage Maize  Pakistan. Rebuilt

A nutrição com potássio aumenta o teor de proteína bruta de forragem de milho. Há evidência de que o boro aumenta o teor de amido em forragem de milho, portanto aumenta o conteúdo de energia em forragem de milho.

Zinco 

O zinco é um componente essencial de enzimas envolvidas no metabolismo de carboidratos e produção de proteínas. Portanto, um baixo suprimento de zinco reduz o crescimento e o teor de amido em milho.

Boron

Fig 61 Foliar Boron Yield and Quality Forage Maize Scotland

There is evidence that boron increases the yield and starch content of forage maize. Foliar applications made at the V5 or V6 stage, when there is significant leaf cover, will improve yields in deficient crops.