Precaução e segurança do fertilizante

Os novos estudos e as novas legislações químicas permitem que os fertilizantes fosfatados que contêm nitrato de amônio e outros ingredientes, sejam classificados em perigosos para humanos e também ao meio ambiente.

Com o passar dos anos, os fertilizantes com nitrato de amônio têm sido envolvidos em vários acidentes que influenciaram na legislação de transporte, armazenamento e manuseio. As decomposições durante o transporte e no armazenamento podem ter causado a liberação de gases tóxicos e situações de risco.

03.1 IMAGE Front page Safety

A ONU publicou o GHS - Globally Harmonized System em português: Sistema Globalmente Harmonizado de Classificação e Rotulagem de Produtos Químicos. O GHS está harmonizado com a recomendação da ONU para o transporte de produtos perigosos, relativo a métodos de teste e identificação de riscos. A Europa adaptou a versão europeia do GHS e publicou a CLP (Classification Label Products)Classificação e Rotulagem de Produtos.

A legislação internacional Recomendações para o Transporte de Produtos Perigosos da ONU é adotada na legislação internacional de fertilizantes pelos regulamentos da OMI (marítima), ADR (terrestre), RID (ferroviária), ADN(R) (barcaças) e IATA (aérea). Regulamentos nacionais e locais se aplicam para a armazenagem de fertilizantes. A diretiva Seveso orienta sobre os volumes de armazenamento/avaliação de risco para produtos perigosos dentro da UE.

Segurança do fertilizante por tipo de produto

Nitrato de amônio (fertilizante com alto teor de nitrato)

O NA 33,5 é classificado como um oxidante (classe 5,1) pela ONU devido ao alto teor de nitrato de amônio. Um regulamento especial para armazenamento é dado por autoridades nacionais. Os fertilizantes à base de nitrato de amônio da Yara passam no teste de resistência à detonação e possuem altíssima resistência a detonações. Quando os fertilizantes em saco estão envolvidos em um incêndio, os sacos podem derreter e romper, mas terão efeitos insignificantes no incêndio.

Manuseio de derramamento e rejeitos contendo nitrato de amônio

Derramamentos a partir de esteiras ou sacos devem ser recolhidos rapidamente, manuseados e vendidos como produto normal se estiverem livres de contaminação e cumprirem os requisitos dos regulamentos do fertilizante. Caso contrário, o material deve ser dissolvido ou tornado inerte. Se estiver seriamente contaminado, o produto deve ser tratado como resíduo, e o material perigoso deve ser manuseado de acordo com a legislação local.
15 IMAGE fertilizer bags

Além do Regulamento CLP na Europa, o armazenamento do nitrato de amônio contendo fertilizantes estão regulados sob a diretiva COMAH (Seveso). Alguns países europeus, como a Alemanha e a França, possuem regulamentos nacionais adicionais para controlar o armazenamento desses produtos: o TRGS na Alemanha e o Code de l'environnement na França. Esses tipos de regulamentos nacionais estão se tornando mais comuns e precisam ser verificados localmente.

Nitrato de amônio em NPK

O nitrato de amônio em fertilizantes NPK pode se decompor em altas temperaturas. Reações exotérmicas causam a evolução do calor e gases dos fertilizantes depois de um período inicial com pH decrescente. A taxa de decomposição acelera na presença de cloreto, substâncias orgânicas e alguns metais iônicos, principalmente cobre (Cu2+). A decomposição é retardada na presença do fosfato, material carbonáceo e de pH alto.

Alguns fertilizantes NPK à base de nitrato de amônio mostram características de decomposição autossustentada (SSD). A SSD pode ser iniciada por aquecimento acidental (> 120°C) com o passar do tempo em alguns fertilizantes. Essa decomposição continuará depois de a fonte do calor ter sido eliminada e poderá ser muito difícil de extinguir. A decomposição normalmente não é perigosa por si só, mas os gases liberados contêm componentes tóxicos (por exemplo, Cl2, HCl, NOx).

Fertilizante de nitrato de cálcio

O fertilizante de NC contém aproximadamente 15 % de água cristalina, que minimiza as propriedades de oxidação do material. Fertilizantes baseados em sal duplo de nitrato de cálcio e amônio são classificados no GHS/CLP como "Tox Aguda, 4 H302., Lesão/Irritação ocular, H318". Os sacos dos produtos estão rotulados de acordo com as regulamentações químicas apropriadas. Nenhum acidente grave ocorreu com um fertilizante NC.

Produtos de ureia

Os produtos de ureia não são classificados como materiais perigosos de acordo com a norma  (EC No. 1272/2008), CLPe os regulamentos para transporte da ONU, mas são potencialmente perigosos porque podem liberar amônio se expostos a calor intenso. A ureia não deve se misturar com outras substâncias químicas. A mistura com o ácido nítrico pode ser especialmente perigosa.

Evitando o uso errôneo do fertilizante

Prédios e áreas de depósito ou manuseio de fertilizantes devem ser cercadas adequadamente para afastar pessoas não autorizadas. Os fertilizantes que contêm nitrato de amônio ou outros nitratos podem ser usados para fabricar explosivos, o que ocorreu em vários ataques terrorista no mundo inteiro. Portanto, a disponibilidade desses produtos é restringida por lei. Um fertilizante mineral que contenha 16% ou mais de nitrato de amônio não está disponível para o público. Apenas fazendeiros ou outros profissionais podem ter acesso a tais produtos.(EU Regulation 1907/2006, REACH)

A regra simples: se tanto o nitrogênio nítrico (NO3-N) quanto a concentração de nitrogênio amoniacal (NH4-N) forem de 8% ou mais, o produto é considerado como tendo 16% de nitrogênio na forma de nitrato de amônio.

Um conselho simples para impedir crimes:

  • Armazene o fertilizante mineral em recintos trancados;
  • Cubra o fertilizante mineral que precisa ser mantido ao ar livre;
  • Verifique regularmente se o mineral está faltando, isto é, se algo pode ter sido roubado.

Não venda fertilizantes para alguém que você não conheça, ou que suspeite do uso profissional dele.