1920-1939

1920-1939 - A produção de amônia começou em Rjukan (1928). Unidades estabelecidas em Porsgrunn (1929). Desenvolvidos novos produtos industriais como água pesada e CO2. A Yara Sluiskil (NSM) abriu as portas (1929).

Herøya Porsgrunn, photo historique

A proximidade com o mercado

Herøya, perto Porgsrunn, é onde o rio Tinnelv, que atravessa Rjukan e Notodden, encontra o fiorde de Oslo. No início de 1928, havia apenas algumas pequenas fazendas ali e muitas lebres, que provavelmente deram a Herøya o seu nome.

Train transporté sur un ferry, Tinnsjøen

Linha de vida

A distância de Rjukan, no Alto Telemark, até Herøya, no Baixo Telemark, é pouco menos de 160 km em linha reta. A ligação ferroviária de Rjukan para Notodden e depois para Herøya precisava ser mais longa. E ela fez jus ao nome: a linha de vida da Norsk Hydro.

Grande fête en 1930

A grande depressão

A década de 1920 foi de anos difíceis e a seguinte foi ainda mais árdua. Mas, para entender como a Hydro conseguiu passar pela grande depressão, primeiro precisamos voltar à década de 1920.

Conflit social à Menstad

Conflito do trabalho

A década de 1920 e o início da década de 1930 foram repletas de tensão política e, às vezes, conflitos trabalhistas graves. O ponto mais baixo foi em 1931, durante a depressão, quando as empresas foram forçadas a reduzir os custos de produção.

Plage près des fjords de Abåy et de Rogn

Férias no litoral da Hydro

Em 1939, a Hydro adquiriu terras à beira-mar, no Baixo Telemark, para proporcionar aos seus funcionários oportunidades de recreação ao ar livre. A área é hoje conhecida como praia de Hydrostrand Hydro e tem 80 cabanas.