Soluções para culturas

Café

Estratégias de aplicação


As estratégias de aplicação precisam levar em consideração as perdas significativas de nutrientes que ocorrem, particularmente em condições de alta precipitação e regiões tropicais, devido à possíveis erosão, lixiviação e volatilização. 

Os macronutrientes, com exceção do fósforo e alguns micronutrientes, podem ser lixiviados. O fósforo, por exemplo, pode ser perdido por erosão superficial. A volatilização de nitrogênio é um desafio importante e perdas de até 50% têm sido observadas. Nos trópicos, considera-se que mais da metade do nitrogênio aplicado e 25% do potássio e magnésio podem ser perdidos. 

Ensaios mostram que 60-85% do total de nitrogênio, potássio, cálcio e magnésio aplicados via fertilizante podem ser perdidos em solos com baixa CTC. Portanto, é comum aplicar pequenas e frequentes quantidades, aliado ao uso de resíduos vegetais para complementar a adição de nutrientes.

Devido às altas perdas de nutrientes que ocorrem em plantações de café, as doses exigidas de fertilizantes e normalmente usadas acabam sendo muito maiores que as sugeridas por cálculos teóricos.

Aplicação de fertilizantes, preparo para o plantio

 

Lado com fertilizantes - foto cortesia da Cenicafe

Adubação de base, especialmente fósforo e potássio podem ser adicionados no sulco de plantio no estabelecimento da cultura. Eles também são amplamente utilizados em viveiros de mudas de café.

Adubação em cobertura é normalmente realizada nas regiões abaixo da planta, , ao redor das linhas de gotejamento ou na “coroa” da planta, na projeção da copa de cada árvore, onde as raízes mais finas estão normalmente concentradas. É importante manter o fertilizante (e compostagem com resíduos) no mínimo 10cm longe do tronco para evitar danos.  

A aplicação foliar é realizada para suprir uma necessidade nutricional imediata ou quando as condições de solo restringem a disponibilidade de nutrientes específicos. O uso de adjuvantes melhora a eficiência de pulverização foliar no que se refere à absorção de nutrientes pela folha. Os frutos são relativamente sensíveis às pulverizações foliares e é importante assegurar que formulações corretas sejam usadas para minimizar riscos.

Aplicação de fertilizante foliar