Aumentando a Quantidade e Qualidade de Proteína nos Grãos


As práticas agronômicas que ajudam a atingir essas metas correspondem à aplicação de nitrogênio enquanto a planta ainda é capaz de incorporar esse nutriente no grão, e ao suprimento de enxofre para assegurar que não ocorra limitação na eficiência de uso do nitrogênio.

Aumento de qualidade e quantidade de proteína

 

Nutrição das Plantas e Teor de Proteína nos Grãos de Trigo

Nitrogênio

Nitrogênio

Nitrogênio é um componente fundamental de aminoácidos que funcionam como blocos de construção das proteínas presentes nos grãos. As proteínas presentes nos grãos são particularmente úteis em indicar se as plantas estão recebendo as quantidades adequadas de nitrogênio. Como o suprimento ideal de nitrogênio se altera (melhor dose econômica), ou quando o nitrogênio aplicado é diferente da quantidade ótima, o teor de proteína nos grãos é alterado em normalmente 1% para cada 50 kg N/ha. Para atingir maiores teores de proteína, mais nitrogênio é exigido para cumprir a maior demanda. A demanda total de nitrogênio pela cultura é logicamente resultado da produtividade e do teor de proteína almejado.

Quando as quantidades ideais de N são aplicadas, o teor de proteínas em trigo para ração é em torno de 11% (equivalente a 1,9% de N). No entanto, o trigo para pão apresenta normalmente teores da ordem de 12% de proteína, e com frequência exigem maior aplicação de N para alcançar o teor de 13% exigido pelo mercado. Menores níveis de proteínas nos grãos, por exemplo, menores que 10% para variedades de trigo comum, indica suprimento insuficiente de N.

A época de aplicação de nitrogênio é importante. Nitrogênio aplicado no início (Zadoks GS 25-32) será usado principalmente para aumentar a produtividade das plantas, ao passo que aplicações para aumentar proteína nos grãos deve ser realizada entre Zadoks GS 37 e 59. Quando os níveis foliares de nitrogênio ficam abaixo do recomendado, ações reparadoras podem ser realizadas por meio da aplicação de nitrogênio via foliar na época da antese (Zadoks GS 70).

Estágios desenvolvimento

Tabela Nitrogênio

Enxofre

Efeito da adubação com enxofre

O enxofre é um componente fundamental das proteínas e é portanto de grande importância para qualidade e quantidade de proteínas. Ele é encontrado em alguns dos aminoácidos que fornecem as propriedades necessárias para os grãos de trigo propiciarem adequada produção de massa para pães e bolos. Alguns exemplos são a cisteína, metionina, treonina e lisina.. 

Manganês e Zinco

Manganês e Zinco

O manganês e o zinco possuem um importante papel nos processos vegetais, incluindo o metabolismo do nitrogênio. Melhorias no metabolismo de nitrogênio aumentam a quantidade de nitrogênio que é incorporado nas proteínas em desenvolvimento.