Aumentando o Número de Grãos por Espiga no Trigo

O número de grãos total é uma função do número de plantas por unidade de área e número total de grãos por espiga. O produtor precisa portanto considerar os nutrientes que podem ter impacto no número de grãos / espiga (espigueta).

Nutrição das Plantas e Número de Grãos de Trigo / espiga

Nitrogênio

 Negativo

Nitrogênio afeta o número de grãos que se desenvolvem em espigas / espiguetas individuais. Uma cultura de trigo de alta produtividade possui aproximadamente 45-50 grãos / espiga, no entanto se o suprimento de nitrogênio for limitado, esse número poderá ser reduzido. A época de aplicação de nitrogênio é importante, uma vez que o número de grãos são determinados são determinados no início de desenvolvimento, da fase de duplo anel até o início do florescimento.

Potássio

Potássio

Esse estudo da Potash Development Association mostra uma clara relação entre o suprimento de potássio e o número de grãos por espiga com a deficiência de postássio alguns graõs em potencial não são desenvolvidos e isso reduz a produção de grãos.

Manganês, Zinco, Cobre e Boro

Fertilização com Manganês e Zinco

Cobre

Cobre

Boro

Outras práticas de manejo da cultura que influenciam o número de grãos de trigo

O número de grãos por espigueta (espiga) varia de estação para estação e é afetado por um número de fatores, que incluem:

  • Escolha da cultivar
  • Controle de doenças durante florescimento
  • Condições climáticas durante florescimento 
  • Temperatura e comprimento do dia antes da espigueta terminal (Zadoks GS 30)

Essa variabilidade permite que altas produtividades sejam obtidas de duas maneiras diferentes:

  1. Baixo número de plantas e alto número de grãos/espiga
  2. Alto número de plantas e baixo número de grãos/espiga