Características
junho 03, 2022

Amônia verde: entenda a importância para o futuro do meio ambiente

De: Equipe Agronômica
amônia verde
amônia verde

O termo amônia verde vem ocupando espaço nas discussões sobre o meio ambiente e as emissões de gases. Como consequência, muitas perguntas surgem sobre o assunto. Por isso, em especial ao Dia do Meio Ambiente, preparamos um artigo para explicar melhor sobre esse composto químico. Já adiantamos que ele tem tudo a ver com o futuro do agro e do planeta.

 

Como surgiu

A amônia é um gás incolor muito utilizado em diversas indústrias, inclusive tem grande relevância na produção de fertilizantes sendo a base para a produção de nitrogenados. Porém o processo produtivo utiliza um combustível fóssil, o gás natural, o que confere à amônia grandes emissões, sendo ela responsável por cerca 1,8% das emissões mundiais de dióxido de carbono. Diante disso, novas alternativas, como a amônia verde, surgiram para gerar um sistema produtivo positivo para o clima e sustentável.

 

O que é e qual a importância

A amônia verde é produzida a partir de hidrogênio verde, um combustível gerado por fontes renováveis, (solar, eólica ou resíduos) com baixa pegada de carbono. Além disso, ela ainda é composta por duas matérias-primas: a água e o ar. A partir da sua composição inovadora, a alternativa permite que a indústria possa reduzir as emissões de gases de efeito estufa em todo o ciclo de produção, o que colabora com a mitigação dos impactos do aquecimento global.

 

É por essa razão que a amônia verde tornou-se um caminho promissor ao agronegócio. Com ela, a descarbonização da cadeia do alimento e os fertilizantes verdes passam a virar uma realidade, começando pelas fábricas até chegar à mesa do consumidor final. O investimento na amônia verde é uma forma de acelerar cada vez mais uma economia comprometida com o clima e o futuro do nosso meio ambiente.

 

O que temos feito

Recentemente, a Yara anunciou a aquisição de biometano e deu o primeiro passo para produzir amônia verde no Brasil. O insumo renovável, derivado de resíduos orgânicos, tem potencial para reduzir em ao menos 80% das emissões de gases de efeito estufa na produção de fertilizantes em comparação ao gás natural. Além dessa iniciativa, estamos trabalhando em outros projetos de amônia verde baseados em energia eólica, solar e elétrica hídrica.

Confira nosso portfólio completo de fertilizantes

Siga a Yara nas redes sociais para saber das novidades